Ele é Ou Não é Um Objeto Completo?

13 May 2019 19:40
Tags

Back to list of posts

<h1>Ele &eacute; Ou N&atilde;o &eacute; Um Artefato Completo?</h1>

<p>Eu ainda lembro daqueles dias. Tinha quinze anos, no entanto n&atilde;o &eacute; uma quest&atilde;o que ir&aacute; esquecer. &Eacute; parte da minha exist&ecirc;ncia. Antes daquele dia, minha fam&iacute;lia teve uma conversa a respeito de eu entrar em Harding. ] foi pra a faculdade Central de Charlotte. Foram cinco fam&iacute;lias escolhidas; quatro optaram encaminhar-se adiante. ] e pastor. Minha m&atilde;e se formou na faculdade entretanto era dona de moradia, e na minha adolesc&ecirc;ncia foi supervisora de um dormit&oacute;rio escolar.</p>

<p>Durante anos, conversamos sobre isso uma boa educa&ccedil;&atilde;o, algo muito essencial na minha fam&iacute;lia, e igualdade. Quando eles foram abordados pra nos inscrever, hesitaram, entretanto conversaram com a gente sobre o que aconteceria. Era fra&ccedil;&atilde;o de um procedimento, sab&iacute;amos que uma pessoa tinha de fazer, e avan&ccedil;amos. Eu tinha ido a uma confer&ecirc;ncia mundial da juventude presbiteriana em Iowa, e tinha sido legal uma boa experi&ecirc;ncia, a minha primeira em um mundo n&atilde;o-segregado. Assim sendo, quando voltei e soube que tinha sido aceita em Harding, n&atilde;o pensei muito a respeito de.</p>

[[image http://herdeiradabeleza.com/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-8.20.27-AM-1022x1024.png&quot;/&gt;

<p>Por&eacute;m coisas tinham se dado antes do primeiro dia de aula, e meus pais n&atilde;o me contaram, pelo motivo de n&atilde;o queriam que eu chegasse &agrave; escola com horror. Falamos s&oacute; a respeito de como eu devia Beauty Artist Carla Biriba Cita Vantagens Da Massagem Facial . ]. A estrada estava bloqueada, e meu pai tinha ido procurar onde estacionar. Quando eu vi toda aquela gente, n&atilde;o pensei no que poderia ocorrer. ] tinham sido selecionados pra escolas predominantemente brancas.</p>

<ul>

<li>&Eacute; que finalmente eu descobri que ia ter um pai…-comentou com amargura</li>

<li>14 de setembro de 2013 at 1:Dezenove (1866 dias atr&aacute;s)</li>

<li>Ret&eacute;m garantia</li>

<li>Misture bem e derrame o iogurte (se aplic&aacute;vel)</li>

<li>um ma&ccedil;&atilde; m&eacute;dia</li>

</ul>

<p>Em Harding havia uma mulher que fundou um tal de Conselho Branco e que pediu &agrave;s pessoas que impedissem que a integra&ccedil;&atilde;o acontecesse. Ela estava l&aacute; em meu primeiro dia, e ela incentivou os alunos a me impedirem de entrar, Encantador Rosto (Anti Manchas Faciais) 30 C&aacute;psulas . &Oacute;leos Para Atravessar No Cabelo foto n&atilde;o h&aacute; s&oacute; alunos, h&aacute; adultos.</p>

<p>E h&aacute; meninas menores que foram l&aacute; s&oacute; para essa finalidade. Contudo gra&ccedil;as a das discuss&otilde;es como meus pais, meus av&oacute;s, eu sabia que estava l&aacute; por uma raz&atilde;o. Mantive minha cabe&ccedil;a erguida e entrei. Os alunos fizeram o que a mulher pediu. Eram adolescentes, quando come&ccedil;am &eacute; custoso parar. Quando entrei, sentei sozinha no audit&oacute;rio.</p>

<p>Muito do que fizeram comigo foi pelas minhas costas. Ningu&eacute;m me orientou. Eu dessa forma fui chamada a sentar com os colegas da minha classe, contudo n&atilde;o teve nenhuma orienta&ccedil;&atilde;o especial da diretoria. O diretor tinha dito ao meu pai que n&atilde;o sabia o que aconteceria comigo. Ele nunca fez nada, mesmo investigando o que acontecia.</p>

<p>Meu arm&aacute;rio era perto da sala dele, e muita coisa me aconteceu naquele corredor. Nem ao menos os professores. O recinto que me coube foi no fundo da sala. Eu levantava a m&atilde;o, ningu&eacute;m me chamava. Eu n&atilde;o sabia o porqu&ecirc;. Fiquei l&aacute; 4 dias —-na realidade, cinco. Em qualquer um deles, ao voltar para moradia, meus pais me perguntavam como tinha sido, eu lhes relatava, e meu pai me perguntava se eu queria retornar. Eu dizia que sim, dado que achava que o dia seguinte seria melhor e perceberiam que eu era como eles, s&oacute; a cor da pele era outra.</p>

<p>S&oacute; uma jovem que queria estudar. No meu pen&uacute;ltimo dia, aconteceu um contratempo na cantina. Fui cercada por uns pirralhos que cuspiram pela minha comida. Naquele dia, perguntei aos meus pais se eles poderiam passar a me buscar para almo&ccedil;ar em resid&ecirc;ncia, em raz&atilde;o de a universidade permitia. Entretanto no momento em que estava mexendo no meu arm&aacute;rio, pela primeira vez, eu senti a brutalidade f&iacute;sica.</p>

<p>Empurr&otilde;es e xingamentos eu podia aturar. Como Fazer Com cem Fotos E Sugest&otilde;es ali senti algo me atingir nas costas e pela nuca. Nas costas foi um apagador; pela cabe&ccedil;a eu n&atilde;o imagino. Na sa&iacute;da, vi meu irm&atilde;o esperando no carro e, na primeira vez, tive medo. O vidro de tr&aacute;s estava estilha&ccedil;ado. A&iacute; percebi que n&atilde;o era s&oacute; eu o alvo, era minha fam&iacute;lia. Contei naquele dia aos meus pais o acontecido.</p>

<p>Meu pai falou que sabia o que eu responderia, e ligou pra pol&iacute;cia e para o superintendente das escolas. Isso por ventura foi o que o levou a me retirar de Harding, pelo motivo de o superintendente lhe argumentou que n&atilde;o estava sabendo de nada, que indagara &agrave; faculdade e ningu&eacute;m lhe dissera que eu tinha tido problemas.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License